14º passará por análise de comissão especial e vai ficar para 2023

Com o parecer favorável da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania) da Câmara dos Deputados na última sexta-feira, a expectativa era que o projeto para pagamento do 14º do INSS fosse aprovado nos próximos dias. No entanto, como o trâmite foi alterado para ser votado em comissão especial, a tendência é que o projeto só seja analisado em 2023.
 

Segundo o deputado Ricardo Silva (PSD-SP), relator do texto na CCJ, a decisão do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), de retirar o projeto da pauta e submeter a uma comissão especial acaba com qualquer possibilidade do texto ser analisado ainda este ano.
 

De acordo com a Câmara dos Deputados, quando uma proposição recebe o despacho para apreciação de mais de três comissões de mérito, ela automaticamente passa a ser analisada por comissão especial.

 
Fonte: R7
Este site usa cookies para fornecer a melhor experiência de navegação para você. Para saber mais, basta visitar nossa Política de Privacidade.
Aceitar cookies Rejeitar cookies